Rating: 3.4/5 (384 votos)

ONLINE
3



Fortalecendo as ações do grupo de HIPERDIA

Fortalecendo as ações do grupo de HIPERDIA 

 

Mais um pouco do do grupo de HIPERDIA, já falei em outra postagem sobre essa ação que é realizada na minha comunidade, Vale do Sol. Hoje vou contar mais sobre este trabalho, mas vamos relembrar um pouco o que é o grupo de HIPERDIA, esse grupo acompanha os pacientes diagnosticados com hipertensos e/ou diabéticos e acontece na comunidade como um facilitador para os pacientes o intuito é a promoção da saúde.

 

Vamos lá, depois de um ano que fui contratada os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) receberam um curso  de capacitação com alguns temas referente ao trabalho cotidiano, mas não vou abranger este assunto e sim o que me despertou desta capacitação que foi a vontade de ler mais sobre atribuições e diretrizes do Programa Saúde da Família (PSF) hoje conhecido como Estratégia Saúde da Família (ESF) visto que não se tratar mais de um “programa”, gosto  de aprender, pois o conhecimento e para mim uma ferramenta que abre muitas portas, faz brilhar meus olhos, desperta a  minha mente e melhora a minha percepção.

 

Nessa época, minhas pesquisas eram feitas em alguns livros que tinham na Unidade de Saúde (US), eu perguntava bastante a enfermeira que atuava comigo, faço isso o tempo todo, está turma que trabalhou e trabalha com essa ACS sabe do que é perguntar muito rsrsrs . Meu obrigada a todos! Sempre aproveito e peço alguns materiais de estudo, apostila, folhetos e mais livros, alguns emprestados, outros eu ganho, foi onde consegui ver que estava no caminho certo. Com esses aprendizados adquiridos atuo nas reuniões plantando algumas sementinhas “ideias” para a equipe, muitas das vezes eu compartilho com as colegas antes das reuniões, rsrsrs,  ai! faço isso até hoje! Sabe, as vezes sai melhor com mais mentes pensando. Dessa forma podemos ver nosso trabalho e adaptar de acordo com o aprendizado e as necessidades da equipe. 

 

Sobre o grupo do HIPERDIA passamos ter tarefas definidas como lista de presença, revezamento da acolhida, falar a mesma linguagem, EX: Seu Cravo insistia de toda vez que vinha aferir a pressão não tomava os remédios, ai, usávamos a mesma fala, que estávamos ali para ajudar a melhorar a saúde deles e para isso ele tinha que fazer uso do medicamento como faz todos os dias normalmente.

 

A equipe tinha tomado gosto pelo trabalho, até com chuva já atuamos neste local, quando não era chuva de vento conseguíamos ficar debaixo do telhado da garagem, mas quando era chuva de vento Dona Ametista puxava o balcão da padaria e colocava todos para dentro, nesse tempo não tínhamos carro para a locomoção da equipe a técnica de enfermagem vinha de ônibus e saltava no local e ao ir embora ela pegava outro para ir para US, até que conseguimos com a prefeitura um carro pelo menos para o término do trabalho, com isso tivemos que acertar o horário do término do grupo, alguns pacientes que tinha costume de aparecer no finalzinho e não achava a técnica de enfermagem reclamaram muito, mas depois se adaptaram, nesses dias também aferíamos a pressão e glicose de quem não tinha à doença, com isso descobrirmos mais pessoas com alterações e encaminhávamos para avaliação com a médica.

 

Dava gosto de ver a ação, as orientações coletivas e individuais  todas feitas por nós  ACS, era  tudo de bom. Praticar o que aprendia para que na rotina diária pudéssemos ter mais segurança e clareza nas visitas domiciliares era tudo de bom. E nem tudo era só trabalho, tinhas as confraternizações, a equipe convidava a turma para a “comilança”. Neste tempo eu não tinha um telefone com câmera, assim que fazia os registros era a enfermeira, as fotos eram colocadas posteriormente em uma pasta no único  computador de US. Em algum momento perdemos todas as fotos, porém está tudo guardado no meu “coração”, pode ter certeza, não se apagará, ok? Paro aqui com uma frase minha, depois conto mais sobre o HIPERDIA:

 

“Nunca deixe de sonhar, seus sonhos podem virar realidade e a realidade superar seus sonhos”.

Roberta F. Pereira

 

 

Postado em: 07/05/2019

  

Aprecie nosso Oh de casa!:

⇒ 19/04/2019 - Todos contra um mosquito que vale por sete

⇒ 09/02/2019 - Vamos trabalhar juntos

  

 

Sou Roberta Fernandes Pereira, tenho 49 anos, sou casada, tenho três filhos, moro no bairro Vale do Sol em Viana-ES há 26 anos. Sou Agente Comunitária de Saúde há 14 anos. Minha micro-área faz parte da equipe da Unidade de Saúde do bairro Areinha. "Falar da minha profissão é difícil por sentir as emoções a flor da pele, sei dizer que gosto muito, há dificuldades sim, mas a tempos eu tenho olhado tudo como uma boa oportunidade de por em AÇÃO todo meu conhecimento e assim promover a saúde." 

Seja bem-vindo!

 

Essa página foi criada com o objetivo de destacar informações de relevância a promoção da saúde dos usuários/pacientes que utilizam os serviços da Estratégia Saúde da Família.

Contudo essa página não pretende oferecer soluções imediatistas para os dilemas da vida humana, simplesmente vai sugerir uma outra maneira de raciocinar sobre os conflitos existenciais do cotidiano comum da população. 

Vale ressaltar que essa é uma pagina sem fins lucrativos e não governamental.

 

Fique à vontade!

 

Edilon Miranda

COREN-ES 350768 - Enfermeiro

Especialista em Estratégia Saúde da Família pela UERJ


 Calendário da saúde




 Caderno do ACS


Sites dos Conselhos:


Sites Úteis: